SmartAcqua e Accell firmam parceria para oferecer tecnologia

O objetivo é unir forças e fornecer tecnologias inovadoras, focadas no combate às perdas de água, para que as empresas de saneamento

Estimular as companhias e prestadores de serviços do setor de saneamento a utilizar Inteligência Artificial (AI) e Internet das Coisas (IoT) para maximizar seus processos de medição e de gestão na distribuição da água tratada, contribuindo para reduzir de forma sistemática e constante as perdas de água. Esse é o principal objetivo da parceria firmada entre a SmartAcqua Solutions, desenvolvedora de solução voltada para gestão e combate a perdas de água e a Accell Solutions, líder no mercado de medidores de água, comumente chamado de hidrômetros.

Somando mais de 75 anos de expertise no segmento de utilities (água, gás, energia e smart solutions) e incorporando as tecnologias desenvolvidas pelas Schlumberger, Actaris e Itron, atualmente a Accell atende a quase todas as concessionárias da área de saneamento no Brasil, com forte presença também em outros países da América Latina. Segundo o diretor comercial Caio de Mello Azevedo, especificamente com relação à redução de perdas e projetos de consultoria, a união de forças com a SmartAcqua permitirá fornecer às companhias de saneamento soluções que as habilitem a mitigar as perdas de água tratada e melhorar a gestão de seus indicadores comerciais e operacionais. “É uma solução que já está pronta, preparada para esse tipo de atuação e por isso conseguimos agregá-la no nosso portifólio para a redução das perdas de água”, explica Azevedo.

Na avaliação de Enéas Ripoli, CTO da SmartAcqua, um denominador comum entre as duas empresas é a determinação em fomentar projetos, agora em parceria, para que a cada dia mais empresas de saneamento vejam que a integração das tecnologias de IoT, presente nos medidores da Accell, e de IA da plataforma SmartAcqua, é fundamental para torná-las aptas a buscar eficiência operacional e a cumprir as metas estipuladas pelo novo marco regulatório do setor.

 

 Perspectivas de negócios

A estimativa da Accell é vender mais de cinco milhões de hidrômetros nos mercados brasileiro e latino-americano em 2023, com base na necessidade de atualização dos parques das companhias, bem como no que diz respeito às novas Portarias do Inmetro nº155 e do Ministério da Saúde nº188.  “A maioria desses equipamentos tem mais de cinco anos, e estão bem acima da vida útil, além de não atenderem às novas normas que tratam da contaminação da água potável devido ao contato com os componentes (matéria-prima) dos hidrômetros. As companhias precisam se adequar quanto às trocas desses medidores de água”, explica Azevedo.

A Accell iniciou a produção de hidrômetros livres de chumbo com a nova liga metálica, a ecoCAZt®, o que entra em consonância com a necessidade apontada por Azevedo quanto à qualidade dos medidores de água. “Os hidrômetros desenvolvidos pela Accell são reconhecidos no mercado como os de melhor performance, o que envolve também melhor precisão metrológica, fundamental para que se consiga obter bom conhecimento dos índices de perdas físicas e, principalmente, comerciais, além de passar por todos os testes de potabilidade”, salienta Azevedo.  Segundo o executivo, quando a companhia de água troca de medidor, os ganhos tendem a ser o aumento da precisão na medição e a redução de perdas. “A estratégia é nomeada de Medidor Com Serviço Agregado Alinhado à Sustentabilidade,” explica Azevedo.

Nesses projetos de performance, a solução SmartAcqua permitirá avaliar a recuperação das perdas de água e de receitas a partir da substituição dos hidrômetros.  “É um modelo ganha-ganha para todas as partes envolvidas”, destaca Azevedo. A utilização da plataforma SmartAcqua também dará às empresas de saneamento maior visibilidade sobre suas perdas, permitindo identificar vazamentos, fraudes, problemas nas redes, entre outros, e orientar sobre como combatê-los. “Por meio dos algoritmos de Inteligência Artificial e Machine Learning, a solução SmartAcqua consegue geolocalizar onde as perdas aparentes e reais de água se encontram, fornecendo para as prestadoras de serviços o potencial dessas perdas e o direcionamento técnico, operacional, de gestão e de metas a serem alcançadas de forma assertiva e amigável”, completa Ripoli.

Para Hélio Samora, CEO da SmartAcqua, o ponto positivo da parceria entre as duas empresas é justamente a somatória das respectivas tecnologias que irão contribuir para reduzir efetivamente as perdas de água que no Brasil têm se mantido em patamares superiores a 50% nos últimos cinco anos. Azevedo complementa, destacando que vários fatores levaram a esse status quo, dentre os quais se incluem a escassez de recursos humanos e financeiros para essa finalidade, uma vez que as companhias tendem a investir mais em captação e tratamento para disponibilizar maiores volumes de água à população, sem se darem conta de que quanto mais produzem, maiores são as perdas.

Outro problema levantado pelo executivo é que a maioria das companhias de água ainda não consegue perceber o valor que a utilização das tecnologias pode proporcionar. “O setor é carente de conhecimento e, nesse sentido, nossa missão também é a de disseminar melhor as informações para que elas passem a investir nas soluções e, consequentemente, melhorem seus resultados”, destaca Azevedo.

Com sede em Americana (SP) e contando com uma fábrica em Buenos Aires e centros de distribuição em Guadalajara (México) e em Santiago (Chile), a Accell Solutions é uma empresa multinacional com capital brasileiro e mexicano. Desde 2020 passou a desenvolver uma marca própria de medidores ao incorporar ativos da norte-americana Itron, da qual também distribui na América Latina os produtos fabricados em outros países.

Fonte: Revista Tae

Confira outras notícias

pt_BR