27 de agosto de 2020

Perdas na distribuição de água no Brasil chegam a 38%

Segundo dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) e do instituto Trata Brasil, 38% da #água potável captada no Brasil é desperdiçada durante a distribuição. Entre vazamentos, falhas em hidrômetros e fraudes, o desperdício chega a 6,5 bilhões de m³/dia, equivalente a 7 mil piscinas olímpicas.

Além de gerar prejuízos de R$ 12 bilhões/ano, as perdas podem ter consequências irreversíveis. Por isso, investir em soluções para uma gestão sustentável da água não representa somente aprimorar a qualidade do serviço para o usuário final, mas também garantir que as futuras gerações também tenham acesso a um recurso fundamental para a vida humana.

voltar voltar